VEJA O VÍDEO: Vereador é acusado de fazer apologia ao estupro após vídeo polêmico

Um vereador da cidade de Sertãozinho, no interior do estado São Paulo, é acusado por um movimento de mulheres de fazer apologia ao estupro após divulgar um vídeo em que interpreta um maníaco, que estaria fazendo vítimas na periferia da cidade.

Conhecido como `Zezinho Atrapalhado`, o vereador Rogério Magrini dos Santos (PTB) afirma que não teve intenção de fazer apologia à violência e estupro, mas pode enfrentar um julgamento por quebra de decoro parlamentar.

Após a divulgação do vídeo, uma moradora de Sertãozinho criou um vídeo resposta com a hashtag `Estupro não tem graça`. A publicação já alcançou mais de sete mil pessoas e gerou uma nota de repúdio da OAB local (Ordem dos Advogados do Brasil) à publicação do vereador, que não está disponível em seu canal oficial na plataforma de vídeo Youtube.

Em nota, a Câmara Municipal de Sertãozinho afirmou não ter recebido nenhuma denúncia sobre este assunto e, caso seja acionada, irá encaminhar a denúncia para ser analisada e investigada.

 

Veja o vídeo:

 

Com informações do SBT

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Opsss...

Olá, foi detectado um bloqueador de anúncios, por favor deixe aparecer os banners e nos ajude a manter o site em funcionamento. Toda renda dos anúncios são convertidos em conteúdo para você leitor.